A durabilidade dos pneus é de extrema importância para a segurança do veículo, afinal, eles influenciam na dirigibilidade e determinam a aderência do carro ao asfalto, sobretudo em dias de chuva.

Para além da questão da proteção, prolongar o bom estado dos pneus pode ser determinante para evitar gastos desnecessários e a publicação de hoje é justamente para te ajudar nesse sentido. Vamos listar uma série de dicas para o pneu durar mais e a partir de hoje você vai poder utilizar seus pneus o máximo possível e de forma segura.

A calibragem dos pneus

Calibrar o pneu corretamente

Se você já fez um orçamento para a troca dos pneus, você sabe bem que não é uma troca das mais baratas. Ainda que seu carro seja um popular e mesmo que ele tenha pneus com aro reduzido, trocar os quatro pneus de um carro pode ultrapassar facilmente os R$1000.

Pensando nisso, e para ter o pneu por mais tempo, mantenha sempre a calibragem do pneu. Ela é muito importante e escrevemos uma publicação específica para falar sobre a forma correta de calibrar o pneu.

A falta de pressão nos pneus faz com que o carro consuma mais combustível e aumenta muito o desgaste do pneu.

Nem combustível e nem pneu está barato assim para desperdiçarmos, não é mesmo?

Segundo as fábricas, se a calibragem do pneu estiver 10% abaixo do valor recomendado, ele terá uma redução de 5% na vida útil.

Estando 20% abaixo do valor recomendado, sua vida útil diminui mais de 15%. Estando 30% mais vazio do que o ideal, ele deve durar cerca de 30% a menos do que duraria se estivesse calibrado corretamente.

Em outras palavras: calibração é dinheiro!

A carga máxima do veículo

Não existe pneu no planeta que tenha uma longa vida útil quando submetido a esforços para os quais ele não foi projetado.

Se o seu veículo suporta somente 300 quilos de carga, não ultrapasse esse valor para poupar não só o veículo, mas também a durabilidade dos pneus.

Assim como o valor da calibração dos pneus, o valor da carga máxima também pode ser encontrado no manual do proprietário do veículo.

O sistema de direção do veículo

Falamos há algum tempo sobre a importância de três ajustes necessários ao sistema de direção do veículo:

  1. Alinhamento da direção do veículo;
  2. Balanceamento das rodas do veículo;
  3. Cambagem do veículo.

São itens importantes para o conjunto de direção do veículo que também podem prolongar a vida útil do pneu, haja vista que o desgaste uniforme dos pneus está sempre condicionado ao seu alinhamento e à forma que ele trabalha.

Siga as orientações do rodízio dos pneus

O fabricante dos pneus também determina a troca dos pneus da frente pelos de trás sempre que o desgaste do par dianteiro estiver consideravelmente maior do que o desgaste do par traseiro.

Na prática, os pneus da frente são consumidos até 3 vezes mais rapidamente do que os pneus traseiros pelo simples fato do motor do carro normalmente ficar na sua parte dianteira, o que acaba poupando o eixo traseiro de muito trabalho.

Via de regra, esse rodízio de pneus deve ser feito a cada 10000 quilômetros, contudo, o melhor a se fazer é sempre consultar o manual para saber o momento exato que o fabricante recomenda.

Não use pneus diferentes no mesmo eixo

Como fazer o pneu durar maisCada pneu possui um desenho, uma aderência e uma série de outras características específicas.

Quando você utiliza um pneus diferentes no mesmo eixo você está ignorando essas características e isso é um equívoco grave, afinal, o desgaste dos pneus certamente não será o mesmo e esse desbalanceamento acabará prejudicando todos os outros pneus.

Sempre que possível troque os pneus aos pares.

Mantenha as medidas dos pneus e das rodas

Se a ideia é fazer o pneu durar mais, não altere as dimensões das rodas nem tampouco dos pneus originais de fábrica.

Apesar de ter quem ache bonito personalizar o carro com pneus diferentes, os pneus de fábrica não são escolhidos à toa e fazer essa substituição pode comprometer o desgaste de pneu e atrapalhar a direção.

Certifique-se de checar o bico do pneu

Também conhecido como válvula de segurança, o bico do pneu é quem faz a vedação do acesso para calibrar o pneu. Se ele estiver com problemas, dificilmente você conseguirá manter a calibração do pneu em dia e isso poderá prejudicar sua vida útil.

Procure dirigir de forma amena

Lembre-se:

Você não está em uma corrida!

Isso significa que você não precisa pisar fundo sempre que o sinal abrir e frear sempre bruscamente. Todos esses movimentos intensos colocam os pneus em situações de atrito extremo e é isso que desgasta os pneus.

Acelerações e frenagens bruscas podem ser emocionantes na pista, mas quando a ideia é prolongar o uso dos pneus, o melhor a se fazer é tentar manter velocidades constantes e, sempre que for preciso reduzir a velocidade, fazê-lo de forma suave e lentamente.

Essa dica, além de manter o pneu em bom estado por mais tempo, também conserva diversas outras peças do veículo e reduz de forma considerável a chance de você se envolver em um acidente de trânsito (que ironicamente também pode danificar o pneu).

Por isso, pense bem antes de acelerar com tudo e frear para “cantar pneus” por aí.

Dúvidas quanto à vida útil do pneu?

Para ter um pneu que dure mais é preciso seguir esses conselhos. Não somos donos da verdade, mas a ideia é tão simples que dispensa explicações.

Quanto mais você frear e acelerar, maior será o desgaste dos pneus. Quanto mais você negligenciar a calibração dos pneus, menor será sua vida útil.

Exclusive Proteção Veicular

Se nos permite uma última recomendação, conte sempre com uma APV (Associação de Proteção Veicular) para manter a proteção do seu carro. A EXCLUSIVE DO BRASIL oferece uma proteção veicular legal, confiável e que te deixa absolutamente tranquilo com relação a uma série de coisas, incluindo panes elétricas, mecânicas e trocas de pneu.

Trabalhamos desde 2016 com proteção de carros, motos e outros tipos de automóveis. Nossa equipe está sempre pronta para te atender e sanar suas dúvidas em tempo e à hora! Por isso, se surgir alguma dúvida, fale conosco!